Amor de irmão.

DSC_0002

Tenho vários! E posso dizer que varia de um para outro, talvez por eu ter muitos e serem diferentes um dos outros. Quando é pouco a relação é mais singular. Ainda mais quando as idades são próximas.
Nichole e Clarice tem 1 ano e 4 meses de diferencia. Sim, é bem pouco rs. O bom é que elas sempre vão ter uma a outra e vão está sempre passando pelo mesma fase juntas.
Por outro lado tem a pressão de ter que ser assim. Terem que ser as melhores amigas, terem os mesmos amigos, ter que gostar das mesmas coisas. Não, não é assim. Sei que elas tem sua diferença ainda dessa idade, mas também sei que com a criação as duas podem ser sim melhores amigas, e o resto, ah é resto. Sua melhor amiga nem sempre é como você. (Pelo menos todas que tive eram diferentes), mas nas principais coisas sim, o mais importante é demonstrar preocupação com você, e isso o que melhor do que irmãs para ter?DSC_0009

Agora, ainda novas eu vejo isso. Quando por exemplo arrumo a Nichole pra sair ela pergunta: ” e a Clarice?”, ou quando alguém brinca falando que a vai levar a Clarice embora, e até mesmo quando ela esta comendo ou bebendo alguma coisa, ela sempre me manda dar a Clarice, com os brinquedos que ainda tem problemas as vezes rs, e ela fica boba a cada coisa nova que vê a Clarice fazer, como: levantar sozinha, engatinhar, bater palmas, atc…

Quero mesmo que as duas sejam amigas o bastante para que nunca se sintam sozinhas, mesmo tendo eu e o pai delas sempre presente, sendo amigos também, é importante ter uma amizade de verdade, e uma de irmão, até mesmo para fazer complôs contra agente. (tenho noção do que me espera)
Quero que o companheirismo seja o bastante para que as brigas, ciumes, amizades, namorados, não consigo distancia-las. Quando é criança é fácil elas brigam e daqui a pouco estão brincando, mas é na adolescência que a coisa pega. Ainda bem que eu vou amadurecendo como mãe junto com elas como filhas. Mas não tenho dúvida que o melhor que eu poderia dar para elas, é a companhia uma da outra.

A ideia de ter só um filho é tentadora, mas quando se tem 2 ou 3 a forma com que as coisas mudam para melhor é incrível, e as coisas que mais nos causam medo, reação do trabalho, do cuidado, isso passa despercebido, aparece obstaculas maiores e soluções mais simples, do que a gente pensava que seria.
A Clarice foi um susto que eu pensei “agora fodeu de vez”, mas a forma que ela veio, e que é, me fez esquecer como era ter só uma filha e como que era o sonho de ter só um filho.

Esse vídeo é antigo, mas tem momentos desde a chegada da Claricinha ❤

Anúncios

As meninas!

DSC_0047
Essa é Nichole, fez 3 anos mês passado. Posso falar sem preocupação que ela é a criança mais engraçada que já conheci. Ela tem ótimos bordões que as vezes tenho duvida se veio dela mesmo ou de uma serie tipo “friends”. É uma criança que faz rir e goste de rir (toda criança gosta), mas quando está cansada não tem cócegas que a faz rir. Pelo contrário, te faz raiva. É assim mesmo, sempre muito difícil fazer ela mudar de ideia, que é coisa que eu só dedico tempo fazendo se é alguma coisa pro bem dela mesmo, por capricho meu não vale o esforço. Ela é dessas que só faz se tiver vontade, e pode porque só tem 3 anos, a não ser quando se trata de guardar brinquedos, arrumar bagunça que fez com livros, desenhos, ai não, ai ela quer colocar tudo perfeitamente no lugar.
Valorizo muito a espontaneidade da criança e não sou a favor de favor podando isso, ficar moldando a criança para crescerem e serem adultos iguais uns aos outros. Ficar vestindo criança como a gente se veste, ela quando escolhe uma roupa ela não pensa se esta frio, se é tendência, nada disso, ela só que vestir isso porque gosta, então, que vista. O importante é esta se sentindo bem, não é isso que até os estilistas dizem hoje em dia?DSC_0045
Nichole tem uma irmã, que morde e belisca, é assim mesmo que a própria apresenta Clarice, de 1 ano 1 9 meses. Pois é, Clarice tem um probleminha para controlar raiva, e sempre foi assim mesmo, quando mais novinha ela puxava o próprio cabelo, se arranhava, e depois de grandinha começou a fazer com a irmã. Mas ainda bem que é uma coisa que está passando. A fofura dela é maior, da Clarice posso falar que é a criança mais amável que já conheci. Ela pede desculpa com abraço e beijo, fala obrigado por tudo, e com essa cara é difícil não se render a fofura dela.
As duas com certeza é a melhor coisa da minha vida, meu maior presente, e a maior herança que gurda pra elas é uma a outra. De 3 anos pra cá eu aprendi mais do que já tinha aprendido na minha vida inteira, e ser mãe é complicado, é cansativo, mãe se cobra muito, se culpa muito, mas como é bom ir dormir as vezes sabendo do quanto a gente é foda por fazer tudo o que faz!

DSC_0002