Promessa.

Ela me pediu que eu prometesse.

18406_1216954254996831_9064187937924602129_n

Agora, ela deu pra pedir isso em todas ocasiões.

“Me promete que depois vai me da mais.”
“Promete que quando tiver claro…”
“Promete que quando estiver escuro…”
“Promete que quando eu acordar…”
“Promete  que você vai..”

Eu sei o valor de uma promessa, e não brinco com isso. Não tem promessa mas séria do que uma feita para um filho. Independente que seja “Promete que vai me dar mais um doce?” Se eu aceito essa promessa, eu estou prometendo que vou me lembrar, estou prometendo que vou lembra-la, estou prometendo que é importante.12079697_1279515498740706_2472474005419420036_n

Não foi eu que comecei com as promessas, foi ela mesma, que ainda não sabe a real importância disso, mas sabe cobrar. Então se eu aceito a promessa, não posso quebrá-la, assim pretendo mostrar essa importância e que não podemos prometer tudo, tem coisas que não posso cumprir, tem coisas que não devo, mesmo que seja promessas como ” Promete me dar mais um doce?”

Assim, espero ir lhe mostrando o significado da “promessa”, quando ela perceber que quando eu aceito eu compro, quando não aceito é porque não vou cumprir. Várias promessas feitas ara mim já foram quebradas, até por mim mesma, até as que eu mesma me fiz. As responsabilidades que temos com os outros, as vezes é maior do que temos com nós mesmos. Quando me tornei mãe, me fiz várias promessas, e muitas foram quebradas, agora minha maior promessa é SER mãe. Só Ser.

Anúncios

Mamãe canguru!

morgan5

Esta precisando de uma inspiração para começar a fazer caminhada empurrando o carrinho do baby?

Ou fazer qualquer coisa tendo que leva-ló junto, porque eu sei que é barra sair para fazer coisas nós sozinhas tiraríamos de letra, mas é colocar uma criança na bagagem que o trabalho triplica. Sei bem do que estou falando, porque eu me aventuro a sair sozinha com as duas, de ônibus ainda por cima. Só de pensar, cansei.

Não é fácil, mas eu sempre pensa que se eu tenho que fazer e eu tenho 2 filhas, isso não vai me impedir de fazer, nem que eu faça com elas. E isso não pode te impedir mesmo, a não ser que você queira. “Não, eu não estou afim de fazer caminhada empurrando carrinho, porque eu não estou afim nem sem empurrar.” Ok, é um direito seu, mas daí usar isso como desculpa pra deixar de fazer uma coisa que você quer fazer, é outra coisa né.

fg

Pois Morgan Brechler foi além do que a caminhada. Literalmente. Morgan, de 25 anos faz escaladas e trilhas com a filha Hadlie de 3 anos. As duas já escalou alguns dos parques mais famosos dos Estados Unidos e do México, e tudo começou quando Hadlie tinha apenas meses. A mãe diz que a filha começou treinar escalada indoor em uma parede na sua casa. (Toda criança nessa idade está aprendendo escalar alguma coisa né).

Eu acho que é mais fácil ser um pai ao ar livre do que alguém que leva seu filho ao shopping nos fins de semana. É natural e nós nos divertimos muito juntas.” 

capafs morgan14

Conta Morgan, que estuda agricultura sustentável, trabalha em um escritório de designer e é voluntária em um projeto de hortas comunitárias. Gente, fazendo isso tudo e ainda mãe, escalar deve ser o de menos pra ela, e uma ótima forma de passar um tempo com a filha.

Se você está afim de se inspirar mais por essa histórias, segui Morgan no instagram, que ela posta várias fotos lá, e já tem mais de 18 mil seguidores. As fotos são lindas e realmente inspiradoras. E também nesse site BORN WILD que mostra histórias de outras mães, que assim como Morgan estão por ai explorando lugares com suas crias.

E você ai reclamando de não ter vaga preferencial para pessoas com babys no colo, no estacionamento o shopping? (criança de colo que já anda e tem carrinho)

morgan4

MAAÃÃAAAEEE!!!

Chegou o dia. O DIA! Não tem quem não fica mais mole, emotivo, ou com raiva ou qualquer sentimento em relação a essa data. “Dia das mães é a data mais especial do ano, eu até diria que é o natal, mas não é jesus que lava minhas roupas e beija meu dodói pra sarar” -Todo mundo odeia o Chris
E deixem de ser caretas de ficar ofendido com uma piada dessa, é dia das mães, ate Deus riria se jesus fizesse essa piada para o pai dele haha

Essa data pra mim já teve o mix de emoções, mas hoje eu só guardo as boas, porque agora eu sou mãe e o amor que eu sinto todo dia pelas minhas filhas, me faz entender as diversas formas de ser mãe e a não julgar. Uma coisa que me incomoda muito nesse mundo materno é a competição que rola entre as mães. É uma disputa de quem é mais mãe, e eu acho isso uma coisa absurda.
Então, mãe, mães, eu quero lhes oferecer um abraço, e dizer que eu te entendo e te respeito muito. Eu sei que não e fácil pra você deixar seu filho na escola, mas faz isso porque acha que é o melhor pra ele, e sei que não é fácil você ter que lidar com N mães que acha que você é um monstro. Sei que dói demais pra você deixar seu filho 3 minutos de castigo, e te entendo também mãe que prefere não deixar que você vai concertar de outro jeito. Eu entendo mãe, o tamanho da culpa que você sente por ter esquecido a hora de dar o remédio, e entendo também que você preferiu deixar a sua filhar dormir sem o segundo banho pra evitar estresse já na última hora do dia que vocês tem juntas. Mãe eu entendo você que acha que colo não estraga e amamentar vai até a vida toda. Mãe eu entendo se você acha que ela dormir na cama do casal não faz mal, quando chegar a hora ela mesmo vai se incomodar. Eu entendo mãe você que preferi acostumar ele com o berço já no primeiro dia. Mãe eu entendo a sua escolha, desde que seja sua, eu entendo que você aja da forma com que você acredita. Sinta-se abraçadas.

Mães hoje em dia sempre fala que “filho não vem com manuel de instrução”, mas hoje em dia tem sim, tem muitos, o que não falta é livros, sites, blogs que já estampam na capa, “COMO EDUCAR SEU FILHO” e ai de você mãe, se não segue nenhum desses manuais.

Um abraço mãe, pra você que age pelo instinto, acredita no que você julga certo ou errado, mesmo que pra você o certo é seguir a risca cartilhas, mesmo que pra você o certo ou errado varia, você não merece ser julgada,porque mãe não é um padrão como a gente acredita que é, mesmo tendo alguma semelhança uma com a outra, eu sei que a maior semelhança é a culpa. Mãe se culpa por tudo que acontece na vida do seu filhos, bom ou ruim. Tudo que nós mães queria é que vocês tivessem um pouco desse amor fraterno que temos. Então se sinta abraçadas mães, vocês são demais, eu sei que as vezes nós vamos dormir sentindo que está fazendo tudo errado, mas sei que as vezes a gente vai dormir sabendo do quão a gente é foda.
Parabéns Mães!

As meninas!

DSC_0047
Essa é Nichole, fez 3 anos mês passado. Posso falar sem preocupação que ela é a criança mais engraçada que já conheci. Ela tem ótimos bordões que as vezes tenho duvida se veio dela mesmo ou de uma serie tipo “friends”. É uma criança que faz rir e goste de rir (toda criança gosta), mas quando está cansada não tem cócegas que a faz rir. Pelo contrário, te faz raiva. É assim mesmo, sempre muito difícil fazer ela mudar de ideia, que é coisa que eu só dedico tempo fazendo se é alguma coisa pro bem dela mesmo, por capricho meu não vale o esforço. Ela é dessas que só faz se tiver vontade, e pode porque só tem 3 anos, a não ser quando se trata de guardar brinquedos, arrumar bagunça que fez com livros, desenhos, ai não, ai ela quer colocar tudo perfeitamente no lugar.
Valorizo muito a espontaneidade da criança e não sou a favor de favor podando isso, ficar moldando a criança para crescerem e serem adultos iguais uns aos outros. Ficar vestindo criança como a gente se veste, ela quando escolhe uma roupa ela não pensa se esta frio, se é tendência, nada disso, ela só que vestir isso porque gosta, então, que vista. O importante é esta se sentindo bem, não é isso que até os estilistas dizem hoje em dia?DSC_0045
Nichole tem uma irmã, que morde e belisca, é assim mesmo que a própria apresenta Clarice, de 1 ano 1 9 meses. Pois é, Clarice tem um probleminha para controlar raiva, e sempre foi assim mesmo, quando mais novinha ela puxava o próprio cabelo, se arranhava, e depois de grandinha começou a fazer com a irmã. Mas ainda bem que é uma coisa que está passando. A fofura dela é maior, da Clarice posso falar que é a criança mais amável que já conheci. Ela pede desculpa com abraço e beijo, fala obrigado por tudo, e com essa cara é difícil não se render a fofura dela.
As duas com certeza é a melhor coisa da minha vida, meu maior presente, e a maior herança que gurda pra elas é uma a outra. De 3 anos pra cá eu aprendi mais do que já tinha aprendido na minha vida inteira, e ser mãe é complicado, é cansativo, mãe se cobra muito, se culpa muito, mas como é bom ir dormir as vezes sabendo do quanto a gente é foda por fazer tudo o que faz!

DSC_0002